top of page
  • astrid2810

FAQ: Porque estás a fazer todas estas preguntas?

Por vezes, os pacientes ficam surpreendidos quando lhes pergunto sobre todos os aspetos dos seus sistemas corporais, antigas lesões e acidentes, e até mesmo sobre a sua situação emocional.


Eu compreendo completamente que, ao conhecer uma pessoa pela primeira vez (mesmo que seja um profissional de saúde), sinta-se estranho partilhar todas estas informações pessoais. Por isso, pensei que seria ótimo aprofundar as razões por trás das minhas perguntas.


Basicamente, o meu objetivo é obter um quadro cronológico completo de todos os sistemas do corpo. Significa: sistema nervoso, sistema digestivo, estrutura (músculos, fáscias, ossos), sistema circulatório, sistema hormonal e órgãos.


Geralmente, começo por perguntar por que motivo procuraste a minha ajuda, pois esse é, obviamente, o motivo da tua visita e o problema que deseja resolver. Depois disso, faço perguntas para ter uma imagem completa do estado atual do seu corpo e mente.


A anamnese não é apenas importante para ter uma primeira ideia de onde o problema pode estar a originar-se, mas também é absolutamente necessária para excluir patologias que precisam ser examinadas mais aprofundadamente por um profissional de saúde diferente. Portanto, é também uma precaução de segurança. Chamamos a isso raciocínio clínico.


Mesmo que tragas um diagnóstico de um médico, seguirei o mesmo caminho (incluindo todos os exames já realizados, como análises sanguíneas, raio-X, ressonância magnética, etc.) e até posso solicitar mais exames se achar que é absolutamente crucial para o seu caso. No passado, já diagnostiquei fraturas que tinham sido notadas na sala de emergência, por isso é sempre melhor tratar cada paciente como se nunca tivesse consultado nenhum médico anteriormente para este problema.


A Osteopatia (da forma como fui treinado e a pratico) visa sempre chegar à raiz do problema e resolvê-lo onde começou. Por vezes, isso não é totalmente possível, mas mesmo assim posso otimizar as funções do corpo quando descubro o que está na origem das suas dores/desconfortos.


Tudo isto pode ser por vezes muito complexo, também porque o estudo do corpo humano é uma tarefa ao longo da vida. Mas é isso que me mantém interessado e fascinado no meu trabalho diário.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

コメント


bottom of page